"Por uma cultura de Paz"

“Por uma cultura de Paz"

domingo, 31 de julho de 2011

sábado, 30 de julho de 2011

Seminário sobre Desarmamento 15 julho 2011


Nesta sexta-feira, das 17h às 19h, na Assembleia Legislativa do RS, o Comitê Gaúcho por um Brasil sem Armas, realizou o Seminário de Formação para os seus integrantes. O evento contou com 47 pessoas de diversas organizações e órgãos (Conselho Municipal de Justiça e Segurança, Secretaria Municipal de Segurança Pública de São Leopoldo, SSP/RS, Fóruns Regionais de Justiça e Segurança de Porto Alegre - Centro, Humaitá-Navegantes, Cristal, Centro-Sul, BM, PC, PF, SENASP/MJ, Rede Desarma Brasil, Guayí, CUFA, MNDH, IDHESCA, Ksulo, Serviço de Paz - SERPAZ/São Leopoldo, Secretaria Municipal de Saúde Eldorado Sul, Comitê Gaucho da Cultura, Comunicação e Economia Solidária).

Os painelistas foram: 1) Alberto Kopittke, Diretor do Departamento de Prevenção e Projetos da Secretaria Nacional de Segurança Pública - MJ, Coordenador da Campanha em Nível Nacional; 2) Juarez Pinheiro, Secretário Substituto da SSP/RS, Coordenador da Campanha nível estadual; 3) Delegado Cristiano Gobbo da Polícia Federal, coordenador da Campanha no RS pela PF; 4) Ten Cel Ana Maria Haas, Coordenadora da Campanha pela Brigada Militar; 5)Delegado Mauro Duarte de Vasconcelos, Coordenador da Campanha pela Polícia Civil; 6) José Augusto Veit - GM e representante do Comitê Leopoldense por um Brasil Sem Armas.

Cada palestrante abordou o andamento da campanha na perspectiva da sua representação.

Além da presença da Guayí representando a Rede Desarma Brasil, estiveram também representando a Rede, o Ronaldo e a Marie do Serviço de Paz de São Leopoldo e a Vitoria e Sonia Bernardes.

O destaque no Seminário foi o ato do Secretário Substituto de Segurança do RS, Juarez Pinheiro, fazendo a entrega simbólica da listas dos postos de recolhimento da Brigada Militar e da Polícia Civil, dando início da 2a Fase da Campanha no RS, que será a partir de 18 de julho, quando estarão funcionando mais 218 postos de recolhimentos (104 nas Delegacias de Polícia e 114 nos Batalhões e Companhias da Brigada Militar). Na 1a Fase somente os 13 postos das Delegacias da Policia Federal estavam recebendo as armas, agora serão acrescidos mais 218, possibilitando postos de recolhimento em mais de 110 cidades gaúchos e em todas as regiões. Com este lançamento da 2ª fase a expectativa é que se amplia de forma substancial a entrega voluntárias de Armas. Até o final do mês passado, no Brasil haviam sido entregue em torno de 7,5 mil armas e no RS 786 armas (10% do Brasil). Neste quadro estamos em 4° lugar no número de entrega, atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco e 3 lugar de acordo com a população. Isto nos estimula, pois todos sabem da dificuldade do tratamento deste tema no nosso estado. A partir do Seminário as organizações da sociedade civil marcaram uma nova data de reunião dia 26 de julho, às 17h, na própria Assembleia, com a finalidade de elaborarem um plano de atividades de debates, mobilizações e eventos de recebimento de armas. Em anexo a relação dos novos postos de recolhimento no Rio Grande do Sul.

Ronaldo M. Moura

quinta-feira, 14 de julho de 2011

CONVITE POR UM BRASIL SEM ARMAS

Comitê Gaúcho por Um Brasil Sem Arma
Campanha Nacional de Entrega Voluntária de Armas e Munições - CEVAM 2011
                
             Na próxima sexta-feira esta sendo viabilizado a realização de atividade de formação do Comitê com a presença da representação do Ministério da Justiça, Secretaria da Segurança Pública do RS e Polícia Federal, com o objetivo contextualizar a campanha nacional e gaúcha e trabalhar as normas e encaminhamentos para sua realização. Assim contamos com a presença de todos.

CONVITE

Data: 15 de julho de 2011
Horário: Das 17h ás 20hs
Local: Sala Maurício Cardoso - 4º Andar da Assembleia Legislativa do RS
Painel
  • Alberto Kopittke - Diretor do DEPRO - SENASP/MJ
  • Juarez Pinheiro - Secetário Adjunto da Secretária de Segurança Pública do RS
  • Cristiano Gobbo - Delegado da Polícia Federal

Saudações
Luiz Antônio Brenner Guimarães - Guayí - Rede Brasil Sem Armas
P/Comitê Gaúcho por Um Brasil Sem Armas

segunda-feira, 4 de julho de 2011

SP lidera recolhimento de armas na Campanha do Desarmamento 2011

Brasília, 27/06/2011 (MJ) – O estado de São Paulo é o que mais arrecadou armas na Campanha Nacional do Desarmamento 2011. De 6 de maio, quando foi lançada a ação, até a segunda-feira, 27 de junho, os postos paulistas receberam 1.771 unidades – uma média de 34 por dia. No país todo, 7.565 artefatos foram entregues nesse período.
Depois de São Paulo, aparecem o Rio de Janeiro (1.432 armas), Pernambuco (856), Rio Grande do Sul (786) e Minas Gerais (549). Na outra ponta, entre os estados que menos tiraram armas de circulação, estão Amapá (11), Tocantins (15) e Rondônia (16).
De acordo com o Mapa da Violência 2011, lançado pelo Ministério da Justiça e o Instituto Sangari, as campanhas de desarmamento estão relacionadas à queda nos índices de violência no país. Em São Paulo, por exemplo, houve redução de 5.591 homicídios, em 2003, para 4.275, em 2004, e 3.096, em 2005. Nesses dois últimos anos, estava em vigor a primeira Campanha do Desarmamento, promovida pelo Ministério da Justiça. 
Em todas as capitais do país, houve redução de 19.392 homicídios, em 2003, para 18.064, em 2004, e 16.881, em 2005.
A Campanha Nacional do Desarmamento 2011 conta com o apoio de artistas, políticos e personalidades. O ator Wagner Moura cedeu sua imagem de forma gratuita para comerciais, que já estão sendo veiculados em cadeia nacional de o rádio e a televisão. Já o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) gravou depoimento para os perfis da campanha nas redes sociais na internet.
Mais informações sobre a Campanha Nacional do Desarmamento 2011 na página da internet www.entreguesuaarma.gov.br ou pelo telefone 194.
Ações da iniciativa também podem ser seguidas também nas redes sociais pelo Orkut (www.orkut.com.br), Facebook (www.facebook.com/entreguesuaarma), Twitter (www.twitter.com/entreguesuaarma) e You Tube (www.youtube.com/entreguesuaarma).
Fonte: www.mj.gov.br

Pesquisar neste blog

Carregando...